Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2017

Patativa do Assaré: Poemas de Luta e de Terra

Imagem
Antônio Gonçalves da Silva, dito Patativa do Assaré, nasceu a 5 de março de 1909 na Serra de Santana, pequena propriedade rural, no município de Assaré, no Sul do Ceará. É o segundo filho de Pedro Gonçalves da Silva e Maria Pereira da Silva. Foi casado com D. Belinha, de cujo consórcio nasceram nove filhos. Publicou Inspiração Nordestina, em 1956, Cantos de Patativa, em 1966. Em 1970, Figueiredo Filho publicou seus poemas comentados Patativa do Assaré. Tem inúmeros folhetos de cordel e poemas publicados em revistas e jornais. Está sendo estudado na Sorbonne, na cadeira da Literatura Popular Universal, sob a regência do Professor Raymond Cantel. Patativa do Assaré era unanimidade no papel de poeta mais popular do Brasil. Para chegar onde chegou, tinha uma receita prosaica: dizia que para ser poeta não era preciso ser professor. 'Basta, no mês de maio, recolher um poema em cada flor brotada nas árvores do seu sertão', declamava.
Cresceu ouvindo histórias, os ponteios da viola e …

Felipe da Fonseca: Quatro Poemas do Fósforo Frio

Imagem
Felipe da Fonseca nasceu em Queimados, baixada fluminense do Rio de Janeiro, em 1985. Lecionou Língua Portuguesa, Redação e foi editor de texto no Grupo Record. É revisor, preparador de originais freelance, flamengo e poeta, autor de Ícaro ocaso (2009) e Ecce humu (2011). Os poemas selecionados aqui são de Fósforo frio, sua terceira precipitação.





irrisão
i.m. Donizete Galvão

a pomba uma pomba branca antes por acaso que por metáfora fugiu como dentro dos piores sonhos fugiu aos carros aos cães ferida nas asas do olho bom da pomba branca algo que a anima sse foi se


_


depois de Leonardo Fróes

não o de Schrödinger         como boceja         va como se ia sos         segado a um focinho da aniquilação

         lembro-me          bem: depois de envenenarem          o gato choveu (sem causa lidade) por cinco dias inteiros

          chamei deus àqueles bolores rebentando do chão


_